Publicações

capa livro - contruindo-horisontes-na-educacao-bilingue-publica-capaplana

Construindo horizontes na Educação Bilíngue pública: reflexões e utopias para a equidade

ClienteUniversidade Tecnológica Federal do Paraná — UTFPR
AutoresAnamaria Welp, Aline C. Paz Almeida, Airton Carvalho Sousa, Antonio Prata Neto, Atef El Kadri, Bruna Bordignon Fraga, Bruna Rayanne Morais Sousa, Caique Fernando da Silva Fistarol, Claudia Mendes, Cyntia Bailer, Cristian Aquino-Sterling, Didiê Ana Ceni Denardi, Eduardo Sampaio, Eduardo Schiller, Ellen Kelly Lima Melo, Fernanda Pizzol, Josiane Aparecida Santana Cheffer, Luciani Capelin, Katiúscia Raika Brandt Bihringer, Karine Melo, Kelly Caroline Vichinieski, Luciana Kawahigashi Bressam, Marcia Regina Selpa Heinzle, Maria Rita dos Santos Jansen Neta, Maria Teresa Almeida Weber, Michele Salles El Kadri, Norberto Niclotti Catuci, Naor Gomes Viana, Patrícia Costa, Paula Cortezi Schefer Cardoso Schardong, Pricila Kátia Furlan Perazoli, Rafael Gomes Rosa, Rafaela Potrich, Raquel Siqueira Buonocore, Roberta Martins Zaparoli Zucoloto, Ruan de Freitas Nascimento, Simone Janice Bretzke Probst, Suzana Reis da Silva, Thalita Arré, Verônica Rangel Barreto, Victória Haddad
Sinopse

O livro “Construindo Horizontes na Educação Bilíngue pública: reflexões e utopias para a equidade”.

A obra encara o desafio de analisar e revelar algumas iniciativas da educação pública em estados como Rio de Janeiro, Paraíba, Maranhão, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
O objetivo dessas iniciativas é a promoção da justiça social e da equidade de oportunidades e acesso da população no mercado global, proporcionando através da educação bilingue as oportunidades para se integrar globalmente e ter acesso ao mercado de trabalho em iguais condições e tendo as mesmas oportunidades independente da situação política, social e econômica de nosso país e assim promover a inclusão das camadas mais carentes e desassistidas da população.
Muito mais do que promover o aprendizado de uma língua adicional, a educação bilíngue possibilita ao sujeito a integração à sociedade e permite novos modos de participação e interação em uma sociedade global.